Fale com um especialista! Contacte-nos
962 108 663

Tratamento de lesões cerebrais com células estaminais do cordão umbilical

Para determinar a segurança e eficácia da utilização das células estaminais mesenquimais do cordão umbilical humano (MSC) em tratamentos, foram administradas MSCs a um rato três dias após ter sofrido um acidente vascular cerebral.
Após o tratamento, os resultados mostraram uma melhoria significativa na função motora e uma redução na lesão isquémica. O estudo não só comprovou a eficácia das MSCs no tratamento, mas também demonstrou sua viabilidade no tratamento de lesões cerebrais, tais como acidentes vasculares ou doenças neurodegenerativas.

Vale a pena pensar nos bancos de sangue do cordão umbilical

Esperar um bebé é uma experiência emocionante e irresistível para os futuros pais, seja a primeira vez ou não.
Perante muitas decisões importantes para o futuro da família, talvez a preparação mais importante de todas seja o processo de recolha e armazenamento das células estaminais presentes no cordão umbilical do seu recém-nascido.
Sendo uma fonte rica e não controversa de células estaminais, que só podem ser recolhidas no momento do nascimento, o Dr. Christian Pope, especialista em obstetrícia e ginecologia, acredita que todos os futuros pais devem refletir sobre os bancos de sangue do cordão umbilical.
SouthCoastTODAY.com

As células estaminais do cordão umbilical podem reparar tecido muscular cardíaco danificado

Hannah Gillespie a été diagnostiquée avec l’anémie de Fanconi, un grave trouble génétique qui signifie une mort probable avant d’avoir atteint l’âge adulte.
20/10/2011 | StemCellResearchNews.com

As células estaminais mesenquimais do cordão umbilical inibem significativamente o crescimento das células do cancro da mama

20/10/2011 | SpringerLink

Investigação revolucionária sobre células estaminais pode combater a artrite em milhões de pessoas

14/11/2011 | Daily Mail

Os médicos de células estaminais testam ‘penso’ para joelhos rasgados

Os médicos responsáveis pelo primeiro transplante do mundo de uma traqueia artificial feita a partir das células estaminais do próprio doente vão iniciar no próximo ano os ensaios clínicos de um ‘penso’ de células estaminais para reparar a cartilagem rasgada do joelho – um problema comum entre os desportistas.
A equipa de médicos pretende transplantar as células estaminais extraídas da medula óssea do doente para a articulação do joelho danificado, onde se espera que as células atuem como um penso para reparar o tecido.
15/11/2011 | The Independent