Fale com um especialista! Contacte-nos
962 108 663

A Promessa de Regeneração de Tecidos Danificados

A medicina regenerativa é o “processo de substituição ou regeneração de células, tecidos ou órgãos humanos para restaurar ou estabelecer a função normal”. Este campo oferece a promessa de regeneração de tecidos e órgãos danificados através da substituição do tecido danificado e/ou estimulação dos próprios mecanismos de reparação do corpo para curar os tecidos ou órgãos anteriormente irreparáveis. A medicina regenerativa também permite aos cientistas desenvolver tecidos e órgãos em laboratório e implantá-los com segurança quando o organismo não consegue curar-se a si próprio. Igualmente importante, a medicina regenerativa tem o potencial de resolver o problema da escassez de órgãos disponíveis para doação em comparação com o número de doentes que necessitam de um transplante de órgãos vital, bem como resolver o problema da rejeição dos órgãos transplantados, uma vez que as células do órgão irão corresponder às do doente.
O objetivo é aplicar os princípios da medicina regenerativa para reparar ou substituir tecidos danificados. A medicina regenerativa está a trabalhar para:

  • Desenvolver protocolos clínicos relevantes (BFP/BPC) para a aplicação de terapias celulares, incluindo o isolamento e expansão celular e criopreservação (Biobanco)
  • Desenvolver terapias celulares (transplante de células) para a regeneração de órgãos
  • Engenharia de tecidos em microescala (micro-tecidos) para a regeneração de órgãos
  • Engenharia de tecidos de materiais substitutos autólogos vivos
  • Modelação de doenças com base em tecnologias de engenharia de tecidos