Fale com um especialista! Contacte-nos
962 108 663

Recolha

O kit de recolha para a amostra de sangue do cordão umbilical será enviada diretamente para sua casa imediatamente após ter preenchido o formulário de inscrição. O kit de recolha contém o seguinte:

  • 1 caixa hermética para enviar o sangue do cordão umbilical para a Salveo
  • 1 saco esterilizado para recolher a amostra de sangue (250 ml de capacidade) acompanhado de uma agulha de colheita de sangue com proteção de segurança numa embalagem selada (que deverá ser aberta apenas na sala de parto)
  • 5 tubos de colheita de sangue Vacutainer BD para recolher o sangue materno
  • 1 recipiente hermético para o saco de sangue
  • 1 pedaço de tecido absorvente (essencial para o transporte)
  • 1 peça (separadora) de papelão
  • pacotes de refrigeração (pacotes de gel) para o transporte
  • 1 leitor de temperatura Escort Intelligent Mini (datalogger)

Formulários e instruções:

  • Carta de apresentação
  • Formulários para o historial médico pessoal e da família
  • Descrição do procedimento de recolha do sangue do cordão umbilical
  • Dados de identificação do protocolo de recolha
  • Descrição do procedimento para armazenar corretamente o kit de recolha
  • Instruções para o envio do sangue do cordão umbilical
  • Carta de porte aéreo DHL para o envio do sangue do cordão umbilical

Fatura proforma para a entrega após o nascimento (se a amostra for enviada a partir de fora da Suíça).
Tudo será fechado numa caixa hermética patenteada para o transporte em conformidade com as normas internacionais de segurança
aplicáveis.

embryonic cord blood lab processing

Processamento

O processamento envolve uma série de passos para remover o excesso de glóbulos vermelhos (RBCs) e plasma e reduzir cada recolha para uma única unidade de volume uniforme de 20 ml. (as recolhas mais volumosas podem ser congeladas em dois recipientes de 20 ml independentes). Um volume uniforme assegura que as condições de congelamento sejam uniformes para todas as unidades, e facilita significativamente o armazenamento e a automatização.

Após a chegada ao Laboratório de Processamento, as unidades de sangue do cordão umbilical são “registadas” na base de dados da Salveo e pesadas para calcular o volume de sangue recolhido. Usando um dispositivo de acolhimento esterilizado, o sangue do cordão umbilical é transferido do saco de recolha para um saco de processamento esterilizado e descartável, em preparação para o processamento automatizado.

Antes e depois do processamento, as pequenas amostras são removidas para ser contabilizado o número de células nucleadas totais (CNT) e de células nucleadas CD34 positivas, um marcador de uma classe inicial de células que incluem as células estaminais hematopoiéticas. Estas amostras são removidas dentro de bolhas plásticas (pré-instaladas nos tubos), hermeticamente isoladas fora do saco de processamento, sem expor os produtos a possíveis agentes infecciosos no ar do laboratório. O saco com a unidade de sangue do cordão umbilical é colocado no dispositivo computorizado, que é automaticamente centrifugado duas vezes. A primeira centrifugação estratifica os componentes celulares [RBCs, glóbulos brancos (WBCs) e plaquetas] separados do plasma. A segunda centrifugação recolhe os componentes sanguíneos em três sacos diferentes do conjunto de sacos esterilizados XXX: saco de RBC, saco de congelação [contendo os GBS, predominantemente as células mononucleares (MNCs)] e saco de plasma.

O saco de congelação contém 20 ml do produto final (em média, mais de 90% dos WBCs originais e as células estaminais numa porção do plasma, juntamente com alguns glóbulos vermelhos). É então adicionado lentamente dimetilsulfóxido esterilizado, frio, (DMSO, 5 ml de uma solução a 50%). O DMSO é uma espécie de “anti-congelante” ou crioprotetor que impede a formação de cristais de gelo no interior e a destruição de células durante o congelamento. É também agente de proteção quando a unidade é eventualmente descongelada.